22/03/2009

Stature and Immigration in Southern Brazil (1889-1919)

Acabei de terminar um outro trabalho sobre os determinantes das alturas dos residentes do Rio Grande do Sul nascidos entre 1889-1919, com mais de 13 mil observações. Aí vão os resultados da regressão da altura sobre as características individuais mais relevantes (o gráfico foi feito em R com ajuda desse código):

Resultado: Aqueles com grau universitário eram 5 centímetros mais altos que os analfabetos (os indivíduos de referência) e o local de nascimento não teve influência nas alturas dos adultos.

Como conseguir uma namorada com a ajuda da Economia

Por Tim Harford, meu escritor predileto de livros de Economia para o público em geral:

18/03/2009

Mudança

Depois de 13 anos, eu saio da UFPel e vou para a UFABC, em Santo André, SP. A minha saída do Rio Grande do Sul já era esperada, depois que minha mulher assumiu na Federal de SP. Antes que ela percebesse que a vida é melhor sem mim, eu precisava de um emprego na mesma macroregião (location, location, location!) .
Tentei a vaga de história econômica na USP, mas fracassei. Pintou então a UFABC, aonde eu serei professor do Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS) e darei aulas para futuros engenheiros, físicos, biólogos e afins. Ou seja, nada de história econômica ou economia regional. Mas o tema do blog e o foco da minha pesquisa permanecerão.
Agradeço muito o apoio que tive dos colegas da UFPel. O departamento sempre compreendeu minhas ausências e carregaram o piano quando eu não estava por lá. Uma parte de mim lamenta sair do curso de Economia justamente quando o curso dá um tremendo salto. Meus colegas já conseguiram o mestrado, as novas instalações e eles trarão muitas outras boas novas neste ano. Tenho certeza que me orgulharei (de forma não merecida) das futuras conquistas e de ter pertencido ao curso. (Ei, agora são duas vagas no concurso que está com inscrições abertas!)
As minhas andanças já mostraram que não preciso me preocupar com os amigos que fiz no RS. Os amigos mesmo nos acompanham aonde formos. A minha preocupação mesmo é que agora tenho que ler sobre a história e as questões regionais de SP. Alguém aí conhece um bom livro sobre a história econômica de Santo André?

17/03/2009

O legado da escravidão

Nathan Nunn publicou trabalhos sensacionais sobre o legado econômico do tráfico de escravos para o desenvolvimento da África(seu paper com Diego Puga também é impressionante). Agora ele e Leonard Wantchekon mostram que "individuals whose ancestors were heavily raided during the slave trade today exhibit less trust in neighbors, relatives, and their local government".

Via Claudio Shikida.

10/03/2009

Os historiadores econômicos do futuro terão trabalho

Imagine só acompanhar todas as propostas, debates e idas e vindas dos melhores economistas do mundo. Veja, por exemplo, o debate Delong X Zingales na economist sobre a validade da proposição "Somos todos keynesianos agora". (Dica do Gilson Geraldino)

Se Pollock fosse um ilustrador de gráficos

Esqueça Andrew Gelman e seus gráficos "limpos". O novo estilo é o Pollockiano.
Parabéns para o Ian!!!

O Novo Dia do Economista - 9 de Março

Entra ano, sai ano, a mesma coisa acontece: eu esqueço a comemoração do dia economista. Não do economista com carteirinha do corecon, mas do economista de verdade. Aí vai o post de 2004:

O Novo Dia do Economista

No blog economiaeverywhere, chegamos à conclusão que comemorar o dia do economista em 13 de Agosto não está muito de acordo com a nossa profissão. Afinal, essa foi apenas a data que a profissão foi regulamentada no Brasil.

Surgiu, então, a idéia de uma outra data: 9 de Março. Foi nesse dia, em 1776, que saiu a primeira edição da Riqueza das Nações do Adam Smith.

Eu não sei vocês, mas, a partir de agora, eu vou comemorar a data em março. O cardápio do jantar de comemoração será fruto do interesse próprio e não da benevolência: sanduíches de pernil e cerveja na hora do jantar

05/03/2009

Revista História e Economia

O Otávio Damé me encamihou o call for papers:

Comunicamos que está aberto o prazo para envio de artigos para o 5ª volume da Revista, História e Economia que tem a publicação prevista para o final do primeiro semestre de 2009.

A Revista dedica-se à publicação de artigos nas áreas de História Econômica, História Financeira e História das Idéias Econômicas. Publicamos somente textos originais, aceitando em casos especiais, a publicação simultânea em revista estrangeira. Recebemos artigos em português, inglês, espanhol ou francês.

Os artigos poderão ser referentes a quaisquer países ou regiões. Todos os artigos serão publicados no idioma em que foram escritos (no caso de espanhol e francês, serão traduzidos para português).

A entidade promotora da revista é a Brazilian Business School (BBS), instituição sediada em São Paulo que mantém um curso de MBA Executivo classificado como um dos melhores cursos do Brasil pela Revista Você S/A. A BBS tem uma parceria estreita com a Robins School of Business da University of Richmond/USA.

Temos a satisfação de lhe informar que a 4ª publicação da revista: "História e Economia", Revista Interdisciplinar, encontra-se gratuitamente disponível no site http://www.bbs.edu.br/institutobbs.asp

O conselho editorial da revista é composto pelos seguintes profissionais:

§ Adalton Franciozo Diniz – Mackenzie

§ André Villela – EPGE/FGV

§ Antônio Penalves Rocha- USP

§ Carlos Eduardo Carvalho – PUC/SP

§ Flavio Saes – USP

§ Gail Triner - Rutgers University

§ Jaime Reis – ICS - Universidade de Lisboa

§ John Schulz – BBS

§ Jonathan B. Wight – University of Richmond

§ José Luis Cardoso –ISEG - Universidade Técnica de Lisboa

§ Pedro Carvalho de Mello – ESALQ

§ Renato Leite Marcondes - USP/Ribeirão Preto

§ Ricardo Feijó – USP/Ribeirão Preto

§ Steven Topik – University of California Irvine

§ Vitoria Saddi – JP Morgan Chase

Para maiores informações, favor entrar em contato com Rafael Balan Zappia

Telefone: 3266-2586

E-mail: he@bbs.edu.br

Endereço: Alameda Santos, 745 – 1º andar.

CEP: 01419-001 – São Paulo – SP

Atenciosamente,

Conselho Editorial

04/03/2009

A desigualdade na América Latina era baixa!!!

Parem as rotativas! É o que diz o Jeffrey Williamson. Ainda não li, mas penso cá com os botões do meu teclado se o resultado se mantém quando se considera a inequality possibility frontier e a inequality extraction ratio.

02/03/2009

Concurso para Professor Adjunto de Economia na UFPel

As inscrições estão abertas até o dia 27 de Março e a vaga é para Teoria Econômica, ou seja, Macro e Micro. O edital está aqui. O concurso é só para uma vaga, mas é muito provável que abram mais vagas em breve.
Além do mestrado, o curso está se expandindo e o departamento quer mesmo que sejam selecionadas pessoas motivadas e capazes. Por favor, divulgue o concurso em seus amigos e conhecidos. Obrigado!