Primeiro com tragédia, depois... vocês sabem

No governo Goulart, o ortodoxo Santiago Dantas - sempre alvo das críticas da esquerda do próprio PTB- caiu tão logo os custos do ajuste fiscal se mostraram. Ele foi sucedido por Carvalho Pinto, um político conservador, com apoio do empresariado, mas que, ao tomar posse, disse que o crescimento seria a prioridade. Não deu certo e a política econômica foi ficando cada vez mais populista.
Mais aqui.

Um comentário:

Claudio disse...

Aí, no fim, ao invés de um impeachment, que seria democrático, tivemos um golpe. :)

Tecnologia do Blogger.