Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2009

Delfim Netto e a origem da cliometria

Faz 50 anos que a tese "O problema do café no Brasil" foi defendida. É um trabalho de primeira, com teoria econômica, econometria sofisticada e pesquisa histórica profunda. Ele fez cliometria antes do termo existir.
O livro não fez o sucesso. Uma pena. Poucos leitores tinham o conhecimento técnico para compreendê-lo e as escolhas políticas do autor restringiram o alcance da obra . (As razões opostas permitiram o sucesso de a "Formação econômica do Brasil" do Furtado e que -ainda hoje- ele seja visto como a verdade revelada. Ó vida, ó dor)
Agora descubro que a FACAMP (que surpresa!) e a UNESP reeditaram o lvro. Que beleza!

150 anos da publicação da Origem das Espécies

O crescimento de Las Vegas

Dica do Rafael Pereira

John Meyer

Um comentarista anônimo me chamou a atenção deste post muito interessante sobre a morte do John Meyer, um dos pais da cliometria . Seu texto de 1957 no Journal of Economic History (em coautoria com o Alfred Conrad) também revolucionou (exceto em alguns lugares exóticos do mundo) o jeito de se fazer história econômica para valer.
Vejam só o tamanho da minha ignorância, ele também é famoso por suas contribuições na área de economia dos transportes! Aqui vai o texto do Ed Glaeser sobre as contribuições do Meyer neste campo.

Prêmio "Falei besteira, mas a culpa foi da Guerra Fria"

"Somente a Revolução Soviética de 1917 proporcionou os meios e o modelo para o genuíno crescimento econômico mundial e o desenvolvimento equilibrado de todos os povos."
Eric Hobsbawm em "Do Feudalismo ao Capitalismo" (1962). In: Sweezy, P et al. (ed). A transição do feudalismo para o capitalismo. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977. p. 164.

As notícias sobre a morte do capitalismo....

... foram exageradas:

Fonte.