Pular para o conteúdo principal

Mudança

Depois de 13 anos, eu saio da UFPel e vou para a UFABC, em Santo André, SP. A minha saída do Rio Grande do Sul já era esperada, depois que minha mulher assumiu na Federal de SP. Antes que ela percebesse que a vida é melhor sem mim, eu precisava de um emprego na mesma macroregião (location, location, location!) .
Tentei a vaga de história econômica na USP, mas fracassei. Pintou então a UFABC, aonde eu serei professor do Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS) e darei aulas para futuros engenheiros, físicos, biólogos e afins. Ou seja, nada de história econômica ou economia regional. Mas o tema do blog e o foco da minha pesquisa permanecerão.
Agradeço muito o apoio que tive dos colegas da UFPel. O departamento sempre compreendeu minhas ausências e carregaram o piano quando eu não estava por lá. Uma parte de mim lamenta sair do curso de Economia justamente quando o curso dá um tremendo salto. Meus colegas já conseguiram o mestrado, as novas instalações e eles trarão muitas outras boas novas neste ano. Tenho certeza que me orgulharei (de forma não merecida) das futuras conquistas e de ter pertencido ao curso. (Ei, agora são duas vagas no concurso que está com inscrições abertas!)
As minhas andanças já mostraram que não preciso me preocupar com os amigos que fiz no RS. Os amigos mesmo nos acompanham aonde formos. A minha preocupação mesmo é que agora tenho que ler sobre a história e as questões regionais de SP. Alguém aí conhece um bom livro sobre a história econômica de Santo André?

Comentários

Alex Castro disse…
parabens e eh isso ai. corre atras da sua mulher! :)
Anaximandros disse…
habituei-me, diz-se de quem nao consegue evitar o comentário do Leo, a sempre ouvir seus conselhos e a sua semmpre sabia opiniao sobre os desmandos na politica nacional, outro tanto, lamento profundamente, mas entendo de forma ainda mais decisiva, a decisao, como sempre minha casa em poa é sua e da fernanda e, para o amigo, desejo sucesso e uma vida feliz, como sempre. Grande abraco e saudades.
Excelente!
Congrats!
Cristiano
Marcelo Passos disse…
Seu Leo,

Você é um dos responsáveis pelas conquistas recentes da UFPEL. Elas estão acontecendo também por causa das sementes plantadas pelo Andre, por você, pelo Nelson etc. há alguns anos atrás. Lamento muito sua saída e para a UFPEL a perda é realmente grande. Mas entendo que esta opção é a melhor do ponto de vista familiar e, do ponto de vista profissional, você estará trabalhando em uma universidade nova (ou seja, com potencial de crescimento)no principal centro econômico do país.
Enfim, estou à sua disposição em Pelotas e certo que você e a sua esposa terão sucesso em Sampa.
Abraços,



Marcelo.
ph disse…
Perde a UFPel e a USP deixa de ganhar. Sucesso na nova empreitada.
Matheus Lisboa disse…
Grande Léo! Fico feliz pelo amigo, tenho certeza q vcs terão muito sucesso em sampa.
Saudades do amigo
Aquele abraço
Queridos:
Eu sempre quis dar aulas para engenheiros, físicos, biólogos e afins! Admiro profundamente o Léo, um intelectual engajado e -sempre soubemos- apaixonado. E claro que o invejo por poder participar de um centro que tem no título a palavra "modelagem".
Desejo ainda mais sucesso.
DdAB
2009 parece ser um ano de boas novas e mudanças!

Felicidades e boa sorte na empreitada, Léo!

[]s
Enoch Filho
Caro amigos,

Muito obrigado pelos votos. Agora estou na correria, mas depois escrevo melhor.

Aos amigos residente no paralelo trinta: ainda no I semestre devo dar um pulo aih e nos vemos.
Abracao,
Leo.
Davi disse…
Grande Leo,

Te desejo sucesso neste novo caminho a ser percorrido.

É com muito orgulho que digo: "fui aluno deste excelente professor".

Certamente a contribuição do Leo no curso de economia é imensurável. Obrigado por tudo Leo.

Sucesso para ti, quando estiver em SP quem sabe sobra um tempo para uma cervejinha ao final do dia.
Thomas H. Kang disse…
Pena mesmo, Leo! Seria bom tê-lo por aqui na USP.
De qq forma, sucesso e visite-nos!
abs
Parabéns, Léo!

Os Pampas sentirão a tua falta.

Abraço
matheus quevedo disse…
Fui seu Aluno ano passado na economia quando me matriculei como aluno especial em int a economia, gostei tanto das aulas que prestei vestibular, e esse ano inicio uma nova faculdade (larguei a minha antiga no 7sem) Espero um dia assistir alguma aula sua ;) mas parabens pela sua conquista.

Postagens mais visitadas deste blog

A regra dos dois desvios

Ao que parece, a regra será a minha maior (e única) contribuição ao Saber Universal. Eu a reproduzi no verbete "Brigas, críticas e debates" do meu magnum opus "Manual de sobrevivência na universidade: da graduação ao pós-doutorado" ( Atualização 2017: O livro está fora do ar porque uma segunda edição, expandida, será publicada em breve). Aí vai:

" "Nunca brigue se o adversário estiver a mais de dois desvios padrãode você em qualquer dimensão: conhecimento, ideologia, inteligência ou porte físico." Se você não sabe o que é desvio padrão, nenhum problema. Traduzindo: nunca brigue se o adversário for muito melhor ou pior do que você em qualquer dimensão: conhecimento, ideologia, inteligência ou porte físico. Se o adversário é muito mais inteligente ou conhece muito melhor o assunto, ouça-o com atenção, faça as perguntas relevantes e aprenda. Não é vergonha. Agora, se o sujeito é burro ou ignorante no assunto, o melhor é desconsiderar. Afinal, qual é a…

Colistete e o atraso educacional brasileiro

Ficou ótima a matéria da Revista Piauí com o perfil do Renato Colistete e sobre sua tese de livre-docência (pdf).
Ele é um pesquisador sensacional, gente boa e orientador de 9 entre 10 dos novos pesquisadores em histórica econômica. Já estava no tempo de ele ter reconhecimento de um público mais amplo.
Aproveite e leia o seu blog . Quando a tese estiver on-line, eu aviso.

Cuba é mais rica que o Brasil?

Um texto da internet afirma (não vou incluir o link):
"O povo daquela ilha rochosa bloqueada é mais rico que o povo do continente Brasil. Essa é uma realidade chocante e geralmente desconhecida." O autor recorre aos dados do World Bank que realmente mostram Cuba com um PIB per capita (PPP)  de US$20611 contra US$ 15893 do Brasil.
Obviamente essa estimativa está furada. É tão furada que a ONU - ao calcular o IDH- estimou outro valor que até os órgãos oficiais de Cuba acharam mais razoável:
The 2013 HDI value published in the 2014 Human Development Report was based on miscalculated GNI per capita in 2011 PPP dollars, as published in the World Bank (2014). A more realistic value, based on the model developed by HDRO and verified and accepted by Cuba’s National Statistics Office, is $7,222. The corresponding 2013 HDI value is 0.759 and the rank is 69th. A mesma fonte coloca o Brasil como tendo renda per capita de US$ 15175. Ou seja, Cuba tem a metade da renda per capita brasilei…