De volta...

O seminário foi jóia. Foi ótimo passar três dias só respirando história econômica. Em breve farei mais posts sobre o trabalho dos colegas que conheci por lá.
Agora de volta à vida normal. Sem nenhum sintoma da gripe. Espero.
(A propósito, o post abaixo já estava programado faz tempo. Foi mero acaso.)

3 comentários:

Rafael P. disse...

Mas falando em gripe suína, seria muito interessante comparar os 'mapas epidemiológicos' de contaminação dessas epidemias atuais com as epidemias antigas. Com certeza o mapa da gripe suína sería muito diferente desse mapa da peste!

enfim, algo como:

da idade média à globalização: um estudo histórico do padrão espacial de contaminação das epidemias humanas

Leonardo Monasterio disse...

Imagino que deve dar para prever o contagio usando uma matriz de conexoes que se baseie no numero de passageiros aereos, ou ligacoes telefonicas, ao inves da distancia geografica. Enfim, nessse sentido, a Espanha eh mais proxima do Mexico do que este da Guatemala.

rafael p. disse...

com certeza! a linha argumentativa do estudo iria por aí. Enfim, o mundo hoje é mais "plano" do que no passado" rsrsrs

a proximidade cultural e o meios de transporte tem muito mais a dizer sobre o padrão espacial de contaminação das epidemias nos dias de hoje.

Tecnologia do Blogger.