Uma pergunta semi-inocente

Por que os que reclamam da "desindustrialização precoce" do Brasil, não reclamam da alta carga tributária para o nível da renda per capita?

7 comentários:

... DdAB - Duilio de Avila Bêrni, ... disse...

aê, Leo:
e ainda tem os igualitaristochatos, como é meu caso, que intui que preocupar-se com desindustrialização é fisiocrático, pois a economia brasileira nunca foi tão "serviços" quanto hoje. e mais: que a carga tributária não é alta, não havendo limite para ela (mais de 100% do PIB, por que não?). há duas questõe: como ela volta, se com dinheiro para os corruptos, as obras para os ricos ou não. e principalmente, como parar de cobrar impostos indiretos (que são distorcivos), substituindo-os pelos impostos diretos (que não são, pelo menos não sobre os preços dos bens e serviços de não-fatores).
DdAB

Anônimo disse...

E porque deveriam reclamar? Qual a relação entre as duas variáveis?

Leonardo Monasterio disse...

Caro Anonimo,

Ora, o princípio da reclamacao é que existe uma relação entre a participaao da industria e o nivel de renda per capita. Como o Brasil seria um outlier, logo a desindustrialização precoce. Pelo mesmo critério, deveriam reclamar da "estatizacao precoce" pq o brasil tem uma carga tribuária muito alta para o seu nível de renda per capita. Sacou?

Cristiano disse...

Ola Monasteiro,
Acredito que a resposta para a tua indagaçao e muito simples. Segundo alguns economistas "desenvolvimentistas" a desindustrializaçao e um fenomeno causado pela apreciaçao do cambio brasileiro. Incluvive, esses economistas devem achar que as variaveis: carga tributaria elevada, custo elevado do capital, precaria infra-estrutura rodoviaria, ferroviaria e portuaria sao variaveis "irrelevantes" para explicar o processo de desindustrializaçao tupiniquim!!!
E so nos observarmos o comportamento do nosso ministro da fazenda que cansa a nossa inteligencia quando diz que o Brasil e vitima de uma "guerra cambial"

Anônimo disse...

antes não se acreditava que tinha desindustrialização precoce. Ao menos agora até quem não acha que tenha desindustrialização levanta a bola. É um avanço.

Anônimo disse...

Ora bolas, se há o diagnóstico de desindustrialização precoce, por algum motivo é. O Leo está contribuindo com o debate ao sugerir que a alta carga tributária tb é um empecilho para a indústria. Parabéns Leo.

Paulo disse...

Um país onde um dos principais tributos (em arrecadação) é um imposto exclusivamente para produtos industrializados (IPI) não pode reclamar de desindustrialização (nem se a indústria estivesse de fato diminuindo de tamanho).

Tecnologia do Blogger.