Experimentos e a avaliação de políticas públicas

O gabinete do governo conservador inglês - talvez "direta ou indiretamente estatizados ou cooptados pelo petismo" -  publicou um ótimo documento sobre o uso de experimentos nas políticas públicas voltado ao público não especializado. (via boing boing)
Eu já escrevi sobre isso aqui... Quem sabe um dia chegaremos lá!!!
A propósito, o Irineu me enviou um paper  do Leonardo Bursztyn  e Lucas Coffman recém publicado no Journal of Political Economy: The Schooling Decision: Family Preferences, Intergenerational Conflict, and Moral Hazard in the Brazilian Favelas. Eles fizeram mesmo um experimento aqui no Governo do DF para examinar o programa Bolsa-Escola vida melhor e os conflitos de interesses entre os pais e os filhos. Super bacana.

4 comentários:

Anônimo disse...

Não vejo nenhuma ironia ou nota de sarcasmo por parte do condutor do blog aos economistas que achincalham o Obama.
Ser economista "antipetista" não pode, mas ser "antidemocrata" pode?

Leonardo Monasterio disse...

Juro que nao entendi o seu ponto.
Abracos,

PS: "Condutor do blog" é super legal. Eu vou me intitular "Il Duce" de agora em diante.

Anônimo disse...

Não vejo nenhuma ironia ou nota de sarcarsmo por parte do comentarista inicial aos economistas que achincalham o Romney.

Ser economita "antipetista" não pode, mas ser "antitucano" pode?

Anônimo disse...

Não vejo nenhuma ironia ou nota de sarcasmo por parte do condutor do blog aos economistas que achincalham o Flamengo.
Ser economista "antipetista" não pode, mas ser "antiflamenguista" pode?

Tecnologia do Blogger.