O não-dia do economista

Hoje eu não comemoro o dia do economista. É provinciano e corporativo celebrar a data só porque foi quando a profissão foi regulamentada no Brasil
Faz tempo que eu já faço campanha pela instituição do 9 de Março, dia da publicação da Riqueza das Nações, como o verdadeiro Dia do Economista, ou o Festivus do Economista. Por enquanto não encontrei seguidores. (Na verdade, nem eu mesmo comemoro. Eu sempre me esqueço).

2 comentários:

Matheus disse...

Pois é, hoje pela manhã recebi cumprimentos pela data e não entendi o motivo. Só depois que me falaram que era dia do economista é que entendi.
Essa sua idéia de comemorar no dia 9/3 é muito boa, lembro dos papos a respeito nos tempos de pesquisa na UFPel. Quem sabe lançamos a campanha neste espaço?
Um abraço
Matheus Lisboa

Enoch Filho disse...

Ah, Leo, pelo menos "todo mudo" lembra da gente nesse dia. Até fiz um post comemorativo, mas confesso que considero a data da colação de grau o MEU dia do economista! (risos)

Tecnologia do Blogger.