Softwares para Análise Espacial

Quer aprender a usar as ferramentas de análise espacial? Bem, aí vão os softwares que eu uso hoje. Todos são gratuitos.

GeoDa: Criado pelo Luc Anselin, ele é facílimo de ser utilizado, permite que análise e econometria espacial possam ser feitas com base em cliques do mouse. É bastante poderoso, mas pouco flexível para aqueles que queiram se aprofundar no assunto.

R: É a versão gratuita do pacote estatístico S-Plus e é o padrão dos estatísticos. Usa interface de texto o que torna as coisas um pouco difíceis para o iniciante. Você tem que programar tudo, mas se vocé um cara bagunçado, tal como eu, vai ver que isso é uma vantagem. Tudo que você faz fica guardado no programa. Contudo, é um software flexível para todas as análises estatísticas e espaciais e uma vibrante comunidade de usuários e desenvolvedores. Os pacotes spdep e o grupo R-Geo em conjunção com outros, permitem que se faça todo o tipo de análise regional e econometria espacial.

STARS: Desenvolvido pela equipe liderada por Sergio Rey na San Diego State University, o STARS , além das estatísticas básicas espaciais, permite que testes desenvolvidos pelos membros do grupo sejam testados. Ainda em desenvolvimento, ele é especialmente útil quando se tem dados espaciais com diversos cortes temporais.

A boa notícia é que os grandes Luc Anselin e Serge Rey juntaram forças e desenvolvem o projeto PySal. Ou seja, em breve, novidades na área.

29 comentários:

Matheus disse...

Valeu pelas dicas, em tempos de dissertação na área são muito bem vindas. Estou utilizando o geoda mas os outros ainda não conheço, apenas sabia da existência.

Leonardo Monasterio disse...

Olá Matheus! Jah na dissertacao? Beleza! Volte sempre. Abracos, leo

Matheus disse...

Pois é cara, já conclui s créditos e agora "só" falta a dissertação. Aquele abraço

Rodrigo disse...

Leo, me esqueci de te dizer que tou aprendendo a mexer no R, na cadeira de estatística. Na verdade tive uma aula só, mas já valeu pra começar a brincar.

No post, vc esqueceu de dizer que o geoda dá uns bugs estranhos pra cacete. Mas é bacana.

abtaço.

Leonardo Monasterio disse...

Eu te disse que era pra aprender R. Como eh o soft dos estatisticos, um dia chega ao resto da humanidade.

A proposito, joje descobri que existe ateh uma rotina para, por aproximacao, combinar nomes de colunas em banco de dados. Lembra as pequenas diferencas em nomes de municipios? pois eh, parece que essa funcao resolve.

Pedro disse...

muito legal o seu blog
estou com um problema ao usar o Geoda: toda vez que insiro os shapes de dados do brasil ou municipias aparece uma janela escrito "sem memoria" vc sabe o que é isso?
grato

Leonardo Monasterio disse...

Pedro, isso geralmente está relacionado com problemas no teu arquivo shape. Id das areas repetidos eh uma possibilidade.

Vc jah tentou tb trocar a configuracao do micro para o padrao US?

André Luiz disse...

Olá Professor Monastério!
No projeto de dissertação utilizo a econometria espacial para verficar a influencia de efeitos espaciais sobre a produtividade do setor agropecuário. Porém, não sei introduzir od dados no Geoda, então como devo proceder?

Leonardo Monasterio disse...

Só vendo. Os principais suspeitos sao sempre o teu arquivo shape e a juncao com o geoda. Uma possivilidade eh fazer isso em outro software (arcview) por exemplo e depois usar o geoda soh para abrir...

André Luiz disse...

Olá Leonardo!
Utilizo a econometria espacial na dissertação, através do Geoda. Já conseguir inserir os dados e vinculá-los ao mapa. Porém, me deparei com uma dificuldade: Não tenho inrformações para todos os municipios da população, com isso, existem observações sem dados. Ocorre que, não consigo selecionar as variáveis que apresentam este probleminha, através do comando: edit>select variable, pois elas naum aparecem na interface do comando?

Grato!!!!!!1

Leonardo Monasterio disse...

Andre,

Missing observations em dados espaciais eh um caso complicado( dependendo do que vc queira fazer). Eu nao entendi se o teu problema eh soh com o software ou empirico mesmo. Tipo, não entendi pq vc quer selecionar as variaveis que tem observacoes faltantes. Vc poderia explicar melhor?

André Luiz disse...

Desculpe!!!

mas o que ocorreu foi o seguinte: montei uma base de dados para introduzir num shaper com os municipios da Amazonia Legal, o objetivo é verficar se existe auto-correlação espacial da produtividade agricola. Mas, alguns variáveis apresentam missing data.
Consegui likar a base de dados ao shaper, porém na hora de selecionar as variáveis de interesse (edit>select variable), só apereciam na tela "variables setting" as variáveis que não apresentam missing data.
Então, sem poder selecionar as variáveis não consigo efetuar qualquer inferencia estatistica, ok!? Como posso contornar este problema?

André Luiz disse...

Olá Prof. Leonardo,

consegui resolver o probleminha. Obrigado pelas dicas!

Leonardo Monasterio disse...

Andre Luiz,

Que bom que vc resolveu sozinho. Se puder, relate aqui como fez. Abracos,
Leo

Keuler disse...

Olá professor Leonardo,
estou trabalhando na minha tese com dados em painel espacial e gostaria de saber se além do matlab há outro program que execute o mesmo recurso?
Abraço!!

Leonardo Monasterio disse...

Rapaz, eu acho que soh o matlab mesmo. Da ultima vez que eu procurei info sobre paineis espaciais, ainda havia umas questoes nao resolvidas.
Se souber de algo me avise.
Abracos,
Leo.

lskjs disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alberto disse...

Bom dia professor!
Fiz economia na graduação e gostaria de começar estudos sobre econometria espacial. Por favor me indique livros nos níveis: iniciantes, intermediários e avançados.
Obs.: É necessário uma base em estatística espacial? Que livros indicaria?
Grato,
Alberto Rodrigues

lskjs disse...

Tbm demorei bastante pra conseguir colocar uma coluna com dados no geoDa... rsrsrs

para tanto, criei uma coluna dentro do próprio geoda, na vizualização dos dados...

depois editei em excel o arquivo *.DBF do shape.

O fato é que o excel 2007 não editava e até descobrir isso tentei um monte de coisa, até mesmo um download de um editor de arquivos DBF.

mas é isso aí, a propósito alguém tem aí o spacestat? melhor deixar ele de lado e tentar no R?

hb_pr@yahoo.com.br

abraço.

Leonardo Monasterio disse...

Eu tinha um versao antiga do spacestat.
Ateh onde me lembro, eu acho melhor ficar com o R mesmo.
abracos,
leo

André disse...

Gostaria de material sobre econometria espacial...e...rotinas.

E-mail: ameconomista@yahoo.com

augusta disse...

Ola Leonardo.
Então, gosto de trabalhar com economia regional, entretanto não uso ainda econometria espacial.
Por isso, será que o senhro poderia me indicar bibliografias para iniciantes sobre econometria espacial e sobre comandos de algum soft.?
O meu email é apelinski@gmail.com
Valeu!
Augusta P. Raiher

Anônimo disse...

Boa tarde, tenho os dados em uma planilha do excel. Como faco para inseri-los no GEODA??
muito obrigada
Sarah

Leonardo Monasterio disse...

Sarah,
Os arquivos tem que estar em dbf. O excel salva em dbf, mas eu sempre tive problemas com o software. Sugiro que vc use outro software (spss eh a minha escolha) .
Mais detalhes sobre como juntar os dados, eu sugiro que vc veja o manual.
Abracos,
leo.

Anônimo disse...

mas o SPSS faz o que o Geoda faz??
Para salvar o arquivo em dbf precisa estar em excel 2003...esse é um dos problemas...
Eu preciso fazer a matriz de pesos. E tbem os gráficos. No SPSS consigo fazer a matriz de pesos??
Eestou querendo calcular I de Moran Global e Local

Anônimo disse...

Boa noite Professor Leonardo,
Estou baixando um programa chamado Quantum Gis, segundo li ele pode ser utilizado para ler programas shp. Se for isso que entendi.
Mas eu tenho o SPSS no meu pc. Se der para utilizar prefiro...
Muito obrigada.
Abraco.
Att,
Sarah

Leonardo Monasterio disse...

Cara Sarah,
leia o manual do qgis (muito bom, a proposito) e ou peça ajuda.
Boa sorte,

Anônimo disse...

Ok Professor.
Muito obrigada.
Sarah

CICLO ENGENHARIA FLORESTAL disse...

ótimo post.
Antes de mais nada quero constar que sou um pouco leigo neste assunto. Mas gostaria de perguntar se este software é possível fazer uma análise espacial entre espécies arbóreas em determinado local.
Exemplo: Tenho todas as coordenadas das espécies em duas áreas diferentes (eixo "x" e "y") e gostaria de fazer uma analise com as mais frequentes nestas áreas.
Abraços...

Email: evaldoflorestal@gmail.com

Tecnologia do Blogger.