Diversos

  • Shikida pede para divulgar o encontro da ABDE;
  • Blog do Mostly Harmless Econometrics (Via Ronald);
  • O IBGE é bem melhor do que o Brasil. Vejam só os sites do ibge chinês e indiano.

4 comentários:

Anônimo disse...

Mas Leo, essa comparação com a Índia e China é completamente indevida. Na Índia eles ainda não resolveram o problema de defecação pública.

Não perca de vista que a Índia é um país muito, mas muito mais pobre que o Brasil, além de também muito mais analfabeto, sujo, ignorante, supersticioso, racista, injusto, corrupto, ineficiente etc.

Irineu

Leonardo Monasterio disse...

Tem um efeito de escala que me fez esperar mais dos orgaos de estatistica chines e indiaano. Alem disso, se eles gastam tanto querendo impressionar o mundo com programas espaciais, pq nao fazer um site bonito/bom e que ressaltasse as conquistas recentes ?
por fim, a China tem uns 2000 anos de burocracia estatal e concurso publico para preencher as pposicoes do topo. Jah a India, era de esperar que eles tivessem preservado a organizacao administrativa inglesa.
(Bem, no final de contas, eu estava errado mesmo).

Anônimo disse...

O serviço público indiano é notoriamente ineficiente (ou você acha que eles são pobres como são porque...)—nunca fui lá, mas o que eu ouço dizer é que em qualquer repartição pública, por menor que seja, existe algum barnabé de 40-50 anos para servir chá... Mas os produtos da agência estatística da Índia não são ruins, pelo contrário.

Quanto à China, minha experiência é que tem de tudo. Já conheci oficiais de governo lá que eram totais imbecis, outros brilhantes. Diria que os brilhantes são tão bons ou melhores que nossos melhores, mas os imbecis ganham dos nossos.

Irineu

rafael p. disse...

utilidade publica:


informação sobre os órgãos nacionais de estatística do mundo

http://unstats.un.org/unsd/methods/inter-natlinks/sd_natstat.asp

Tecnologia do Blogger.