Teorema Alchian-Allen, o Filme

Um dos meus teoremas favoritos agora em uma superprodução brasileira. Parabéns aos autores!


Na minha apostila de economia regional, que nunca ficou pronta, eu mostrava outras aplicações do Teorema Alchian-Allen. Aí vai:

"O paradoxo das maçãs.

Custos de transporte podem gerar efeitos curiosos. O Teorema de Alchian-Allen ilumina um desses fenômenos. Esses autores buscaram uma resposta a um mistério econômico: por que em uma região produtora de maçãs são encontradas apenas as de pior qualidade, enquanto as melhores são exportadas. O motivo é simples: como o custo de transporte é o mesmo para maçãs boas ou ruins, o frete torna as maças boas mais baratas em relação as ruins. Um exemplo numérico com o caso dos vinhos torna tudo mais claro. Suponha que existem dois tipos de vinho: o Chateau Caro custa R$ 50,00 e Chateau Vagabundo, R$ 5,00. É razoável supor que os custos de transporte são os mesmos para qualquer tipo de vinho; digamos, R$ 5,00. No local de produção, a relação de preços vinho bom/vinho ruim é de 10 para 1. No mercado consumidor, com frete, a relação de preços passa a ser de 5,5 (R$ 55,00/R$ 10,00). Ou seja, em termos relativos, o vinho bom fica mais barato no mercado distante do que no local. Portanto, o vinho bom tenderá a ser exportado e o ruim ficará para consumo local. O Teorema de Alchian-Allen significa, assim, que uma tarifa fixa leva uma substituição de bens de pior qualidade pelos de melhor.
E nos casos em que os turistas compram os produtos locais de alta qualidade? Por acaso os turistas que compram uísque em Edimburgo estão violando o Teorema de Alchian-Allen? Não. A diferença é apenas quanto ao modo como se dá o custo de transporte: em um caso a garrafa vai até o consumidor, e em outro o consumidor é que vai até a garrafa. Quão irracional seria viajar até a Escócia e lá comprar uma garrafa de uísque de má qualidade! Pela mesma lógica, o teorema prevê que, se você paga uma babá para ficar com o seu filho, você não vai jantar numa lanchonete barata, e sim em um restaurante chique. (Como o custo de contratar a babá é fixo, a ida à lanchonete ficaria muito relativamente cara). Por fim, ele explica a evidência empírica que mostra que, ceteris paribus, quanto mais longe viajam os turistas, mais eles gastam por dia (Hummels e Skiba, 2001)."

4 comentários:

Marcelo Passos disse...

Ótimo post.
Descobri agora porque os produtores de café do interior paulista e paranaense diziam: "quem ganha dinheiro com café está longe do pé".
Abraços.

Leonardo Monasterio disse...

Isso tb explica pq o melhor cafeh eh "For Export" e pq associamos isso com qualidade.
Abracao,

João Dinegri disse...

Estava dando uma olhada no youtube e achei esses camaradas, então tava vendo sobre o David, Marx, e quando resolvo pesquisar o Alchian, onde venho parar?

Agora, talvez isso venha de encontro por que os chineses conseguem inundar o mercado com bens não muito bons.
Essa inundação barateia muito o transporte. Claro, além de outras coisas.

Abraço aos dois!

João Dinegri disse...

Estava dando uma olhada no youtube e achei esses camaradas, então tava vendo sobre o David, Marx, e quando resolvo pesquisar o Alchian, onde venho parar?

Agora, talvez isso venha de encontro por que os chineses conseguem inundar o mercado com bens não muito bons.
Essa inundação barateia muito o transporte. Claro, além de outras coisas.

Abraço aos dois!

Tecnologia do Blogger.