"Jornada injeta R$ 1,8 bilhão no Rio". Não mesmo.

Eu estranhei o valor divulgado e fui para a calculadora. Vamos lá. A pesquisa diz que os brazucas gastaram R$ 49, 70 e os gringos, R$81,30. Os brasileiros seriam 62% dos peregrinos. 
A jornada durou 7 dias, mas vamos fazer com que os peregrinos tenham ficado 10 dias no RJ. Isso daria um gasto total por viajante médio de R$617. 
Pois é,  o número de peregrinos teria que ser de três milhões para alcançar o tal gasto total de R$1.8 bi. Os pesquisadores supuseram que todos que estavam em Copacabana (nas estimativas generosas) eram turistas. Sabe quantos inscritos a JMJ teve?  355 mil. Ou seja, pouco mais de um  décimo do suposto. 
Um tanto de turistas não se inscreveu na JMJ, eu admito. De qualquer forma, o pesquisadores pesaram muito a mão na hora da conta. Conhecendo a imprensa e os políticos, sei que o valor de R$1.8 bi será o repetido por todos. Triste.

2 comentários:

Temu disse...

Eu queria saber se tá faltando aula de matemática no curso de turismo ou se tá faltando informação nesta matéria...

Monique Fernandes disse...

Oi, Leo

Descobri vc por acaso, procurando livros no Kindle.
Sou eng. civil e analista de sistemas, mas não atuo na área. Estou perto da aposentadoria e quero dedicar meu tempo a um trabalho que me estimule, sem me preocupar com remuneração. Ainda não consegui pensar em nada, todos os dias vou dormir tentando descobrir um novo caminho para trilhar, mas está difícil "me reinventar" profissionalmente.
Adorei o blog e suas críticas inteligentes! Virei leitora.
Abs,
Monique
PS lembro-me de vc cuidando do seu hamster, como o tempo passou!

Tecnologia do Blogger.