O sucesso da Coréia ou Prêmio Eço de Ignorança Econômica - versão Desenvolvimento Econômico

Eu estava sem tempo de ler os suspeitos de sempre do Premio Eço. Mas é só um pulinho no blog do Luis Nassif, para eu não me decepcionar. Veja sua explicação para o sucesso da Coréia:
A grande investida da Coréia, nas últimas décadas, deu-se através de um amplíssimo esquema de contrabando, valendo-se de uma estrutura internacional de coreanos que migraram para diversas partes do mundo. Em São Paulo, Promocenter era um exemplo vivo desse jogo.

Genial, não? Imagino que sua proposta de política industrial envolve o envio de contrabandistas brasileiros para preparar o terreno mundo afora.

3 comentários:

Alex disse...

Brilhante Léo. Começo até a entender o motivo de certos comportamentos do Nassif.

Se contrabando é a chave do sucesso coreano, por que calote e achaque não podem ser a caminho da glória empresarial?

Abs

Alex

Renato C. Drumond disse...

Quem precisa de Acemoglu quando temos Nassif? hehe

Leonardo Monasterio disse...

Alex,
E verdade: e uma combinacao de ignorancia com projecao freudiana (ver nos outros o seu defeito).

Renato,
Pobre de todos os economistas e historiadores quando leem isso...

Tecnologia do Blogger.