Pular para o conteúdo principal

O que é "fetichismo da mercadoria"?

É cismar que a salvação nacional está no subsídio à produção de tablets.

Comentários

joao a. disse…
Leonardo,

Tentei achar seu email mas nao consegui, então vai por aqui mesmo. Se puder me ajudar, eu agradeço.

no seu post http://lmonasterio.blogspot.com/2011/04/entao-voce-acha-que-e-classe-media.html, vc tabula alguns percentis da renda domiciliar per capita, mas não consegui reproduzir. Voce deu algum tratamento aos dados (pesos, talvez)?

Eu apenas gerei as variáveis e calculei os percentis.
Usei os pesos amostrais da pnad, mas não a complexidade da amostra. Que versão da pnad vc usou?
Deu
A propósito, deu muito diferente?

Ps . Para me contactar, use o Google profiles.
Anônimo disse…
Leonardo,

Não deu mto diferente não, vou colar aqui os códigos do R (usei o pacote survey).

...depois de ter lido os dados com aquele pacote do IBGE:

pnad <- svydesign(id = ~1, weights = ~pesos, data = dadospes)

svyquantile(~renddompcap, pnad, c(0,.05,.10,.25,.50,.75,.95,.99,.995,.999), ci=TRUE, na.rm=T)

E o resultado:

calculei os percentis 0 - 5 - 10 - 25 - 50 - 75 - 95 - 99

renda dom p capita (para cada percentil):

0 68 108 200 391 740 3487.771 1e+12

como vc pode ver, a diferença maior foi no percentil 99 (no seu tinha dado uns 4500, aqui já deu 1E+12). Posso ter feito alguma m, mas não identifiquei.
Anônimo disse…
Ah, imagino o que pode ser: você trabalhou com os dados de domicílios, eu to usando o de pessoas. é isso?
Ah... nao me lembro... teria que voltar ao codigo no spss. (sim, eu fiz no spss.... mea culpa)
...
Mas, rapaz,
"1e+12" é muita coisa! Vc nao deve ter limpado os dados, neh? Eh 1 quackilhao de reais...
Anônimo disse…
é, tinha uma observação absurda ali. Vou deixar aqui os códigos caso te interesse. Obrigado pelos comentários!

dadospes <- dadospes[dadospes$renddompcap < 1e+7,]
pnad <- svydesign(id = ~1, weights = ~pesos, data = dadospes)
svyquantile(~renddompcap, pnad, c(0,.05,.10,.25,.50,.75,.95,.99,.995,.999), ci=TRUE, na.rm=T)

resultado (um pouco diferente):

$quantiles
0 0.05 0.1 0.25 0.5 0.75 0.95 0.99 0995 0999
renddompcap 0 98 144 257 465 820 2337.918 5300 7000 12600
Vamos produzir tabletes enquanto perdemos a indústria textil e siderúrgica. Que ótima troca não?...

Postagens mais visitadas deste blog

A regra dos dois desvios

Ao que parece, a regra será a minha maior (e única) contribuição ao Saber Universal. Eu a reproduzi no verbete "Brigas, críticas e debates" do meu magnum opus "Manual de sobrevivência na universidade: da graduação ao pós-doutorado" ( Atualização 2017: O livro está fora do ar porque uma segunda edição, expandida, será publicada em breve). Aí vai:

" "Nunca brigue se o adversário estiver a mais de dois desvios padrãode você em qualquer dimensão: conhecimento, ideologia, inteligência ou porte físico." Se você não sabe o que é desvio padrão, nenhum problema. Traduzindo: nunca brigue se o adversário for muito melhor ou pior do que você em qualquer dimensão: conhecimento, ideologia, inteligência ou porte físico. Se o adversário é muito mais inteligente ou conhece muito melhor o assunto, ouça-o com atenção, faça as perguntas relevantes e aprenda. Não é vergonha. Agora, se o sujeito é burro ou ignorante no assunto, o melhor é desconsiderar. Afinal, qual é a…

Colistete e o atraso educacional brasileiro

Ficou ótima a matéria da Revista Piauí com o perfil do Renato Colistete e sobre sua tese de livre-docência (pdf).
Ele é um pesquisador sensacional, gente boa e orientador de 9 entre 10 dos novos pesquisadores em histórica econômica. Já estava no tempo de ele ter reconhecimento de um público mais amplo.
Aproveite e leia o seu blog . Quando a tese estiver on-line, eu aviso.

Cuba é mais rica que o Brasil?

Um texto da internet afirma (não vou incluir o link):
"O povo daquela ilha rochosa bloqueada é mais rico que o povo do continente Brasil. Essa é uma realidade chocante e geralmente desconhecida." O autor recorre aos dados do World Bank que realmente mostram Cuba com um PIB per capita (PPP)  de US$20611 contra US$ 15893 do Brasil.
Obviamente essa estimativa está furada. É tão furada que a ONU - ao calcular o IDH- estimou outro valor que até os órgãos oficiais de Cuba acharam mais razoável:
The 2013 HDI value published in the 2014 Human Development Report was based on miscalculated GNI per capita in 2011 PPP dollars, as published in the World Bank (2014). A more realistic value, based on the model developed by HDRO and verified and accepted by Cuba’s National Statistics Office, is $7,222. The corresponding 2013 HDI value is 0.759 and the rank is 69th. A mesma fonte coloca o Brasil como tendo renda per capita de US$ 15175. Ou seja, Cuba tem a metade da renda per capita brasilei…