Uma teoria econômica do falar m*rda

Por que alguns caras falam tanta m*rda? A explicação usual é burrice e/ou mau caratismo. Cheguei a outra explicação: sinalização. O sujeito fala uma besteira para mostrar para aqueles com que tem identidade ideológica que está comprometido com a causa. Ou seja, quanto maior a besteira, maior o sacrifício de reputação. Isso é um sinal claro para os seus de que ele queimou as pontes do bom senso e é um bom soldado.
Ou então o sujeito é burro e só.

8 comentários:

Drunkeynesian disse...

Julgando pelo nível dos comentários nos blogs dos Nassifs da vida, sua teoria está correta...

Anônimo disse...

Essas caras são medíocres: não tem ideias próprias porque pensam com a cabeça dos outros. Aliás, eles aparecem por todos lados porque vivemos numa mediocracia: somos governados por medíocres. Há todo um clima de mediocridade, onde a crítica é encarada como ofensa ou oposição. Em bando os medíocres são perigosos: associam-se para oprimir os que se negam a pensar igual a eles.

Anônimo disse...

Tá ai o rodrigo constantino para provar que o problema independe de ideologia.

Lucas Reis disse...

A hipótese que eu mais acho que corresponde a essa realidade é a de que ninguém emite opinião porque parou pra pensar, refletir. Emite-se opinião para fazer parte de um grupo, ou para se firmar no grupo do qual faz parte. Não tem a ver com racionalidade, tem a ver com identidade!

O que mais me assusta (e mais confirma a hipótese!) é que isso acontece até com pessoas que teoricamente são profissionais no pensar, como professores e pesquisadores.

Jorge Browne disse...

Lucas, se tiveres tempo e interesse sugiro a leitura da Mccloskey. A retórica é parte integrante do ser humano e, consequentemente, da ciência.

Inclusive para quem critica a estupidez, geralmente relacionada ao Outro se me permite a ligeira provocação...

Leonardo Monasterio disse...

Jorge,
A Mccloskey nunca foi tolerante com asneira e contimua não sendo. Veja só a paulada que ela deu no Greg Clark.

Enfim, retórica não é everything goes. O próprio Mccloskey dizia isso. Eu acho wue Tem gente que fala m*rda mesmo e não vale a pena dialogar. As vezes, nem vale a pena criticar.

Jorge Browne disse...

Concordo contigo Leonardo, uma coisa é a narrativa científica outra bem diferente é charlatanice.

Entretanto, como não sei se é dejeto específico ou apenas cocôs em geral...

@econopithecus disse...

A terceira lei de (Arthur C.) Clarke diz:
"Any sufficiently advanced technology is indistinguishable from magic."

A Lei de Grey diz:
"Any sufficiently advanced incompetence is indistinguishable from malice."

Tecnologia do Blogger.