Delfim e a Cliometria

A leitora Cyrene Santanna O Marcelo Passos* me mandou uma ótima colaboração lembrando que o pai da cliometria brasileira deve ter sido o Delfim Netto na sua tese de Doutorado. Ela Ele reproduziu um trecho jóia da entrevista do Delfim no livro "Conversas com Economistas Brasileiros" :
"Na introdução de sua tese de doutorado ( "O Problema do Café no Brasil", de 1959), o senhor afirma que a aproximação metodológica que lhe parece mais fecunda é a histórica. Como o senhor vê essa abordagem hoje em dia?"

Resposta do ex-czar: " Era uma combinação de história com método quantitativo. Continuo achando que essa é única forma de tentar entender a realidade. Primeiro porque um fato objetivo é extremamente duvidoso, a realidade é a que eu vejo, que tem explicações que não históricas na sua origem. Para entendê-la, provavelmente, é preciso alguma forma de discriminar os fatos, que é quantitativa. Como é que eu sei que o preço influi na demanda de café? Só tem um jeito: pegar o que suspeito que seja a demanda, fazer todas as correções possíveis e comparar com um preço. Que preço? Existem trezentos preços! Aí é que é a arte: como escolho essa quantidade, como escolho esse preço. E depois vejo que esses dois negócios têm uma certa correlação. Eu nem sei se é causa e efeito, o que sei é que estão ligados de uma certa forma, provavelmente tem uma outra variável lá atrás produzindo essa ligação. Não há outra forma de aproximar, não adianta, ficar imaginando."


Obrigado Cyrene, Marcelo.

* O e-mail que eu recebi estava em nome da mãe do Marcelo, Cyrene. Parece que, no domingão familiar, ele usou o computador da mãe e eu acabei me confundindo. Confusão desfeita, eu agradeço também a D. Cyrene porque criou um economista, né? :-)

3 comentários:

Claudio disse...

excelente post!

Angelo M. Fasolo disse...

Eu ouvi falar, não sei se a história confere, que as regressões que o Delfim rodou estariam erradas: existiriam alguns problemas sérios nos dados que ele utilizou, que depois de corrigidos alterariam completamente os resultados que ele obteve.

Um abraço!

Leonardo Monasterio disse...

Beleza, Angelo.
Nao sabia desse causo... Se encontrar a referencia, por favor, me mande.
Inteh,
Leo.

Tecnologia do Blogger.